Walter Franco - Discografia


Walter Rosciano Franco (São Paulo SP 1945). Cantor, compositor, violonista. Aos 16 anos, tem aulas de violão com Elza Nogueira, esposa do violonista Paulinho Nogueira (1929 - 2003). Em meados da década de 1960, na Escola de Artes Dramáticas da Universidade de São Paulo (EAD/USP), onde cursa artes dramáticas, começa a compor músicas para peças de teatro montadas por seus colegas, como A Caixa de Areia, de Edward Albee, Caminho que Fazem o Darro e o Genil até o Mar, de Renata Palottini, e As Bacantes, de Ésquilo. A partir de 1968, participa de festivais universitários de música popular ao inscrever Não se Queima um Sonho no 1º Festival Universitário da TV Tupi, em São Paulo, defendida por Geraldo Vandré. No ano seguinte, na segunda edição desse festival, conquista o terceiro lugar com Sol de Vidro, interpretada por Eneida. E na terceira edição participa com duas músicas: Animal Sentimental e Pátio de Loucos. Na extinta Rádio Marconi, de São Paulo, apresenta o programa Marcando Bossa, dedicado à música popular e moderna brasileira.
 
Com No Fundo do Poço como música tema da novela O Hospital, da TV Tupi, lança um compacto simples pela Philips e inicia a carreira como músico profissional, em 1971. Um ano depois, defende sua composição Cabeça no 7º Festival Internacional da Canção, organizado pela TV Globo, e obtém um prêmio especial. Contratado pela gravadora Continental, lança seu primeiro LP, Ou Não, em 1973, com produção e arranjos do maestro Rogério Duprat, e músicas autorais como Mixturação, Água e Sal, No Fundo do Poço, Me Deixe Mudo e Cabeça.
 
Apresenta o show A Sagrada Desordem do Espírito, no Teatro de Arena, em São Paulo, em 1974, cantando e tocando violão sozinho no palco, na posição da flor de lótus, da ioga, amparado nas mixagens ao vivo de Peninha Schmidt. Em 1975, com sua música Muito Tudo, com arranjo do maestro Júlio Medaglia, conquista o terceiro lugar do Festival Abertura, da Rede Globo. No mesmo ano, lança o disco Revolver (Continental). Pela gravadora CBS, lança os LPs Respire Fundo, 1978, e Vela Aberta, 1980. Nesse segundo disco está a canção Canalha, segundo lugar no Festival 79 de Música Popular, realizado pela Rede Tupi de Televisão. Em novo festival, o MPB Shell, promovido em setembro de 1981 pela Rede Globo, classifica entre as finalistas sua canção Serra do Luar, regravada com sucesso por Leila Pinheiro no disco Outras Caras (Polygram, 1991).
 
Em 1982 lança o LP Walter Franco, de pouca repercussão, e em 1984, a música Seja Feita a Vontade do Povo é vinculada ao movimento diretas-já. Paralelamente à vida artística, atua como compositor de jingles. Em 2000, participa do Festival da Música Brasileira, da Rede Globo, com a música Zen, assinada com Cristina Villaboim e incluída no álbum Tutano, 2001, em que registra parceria com Arnaldo Antunes (Nasça) e José Carlos Costa Neto (Totem), e composições individuais como Na Ponta da Língua e Quem Puxa aos Seus Não Degenera, todas apresentadas no show Brasil Não Violência, com o qual excursiona pelo país em 1997. O documentário de curta metragem Walter Franco, Muito Tudo, de Bel Bechara e Sandro Serpa, é lançado em 2000.
 
Faz shows com seu filho, o cantor, compositor e violonista Diogo Franco, e, acompanhado de banda, apresenta o espetáculo Raça Humana, em que reúne obras de sua carreira e composições recentes, como Meu Eu. (Texto: Enciclopédia Itaú Cultural)
 

Discografia

Ou Não (1973)
01. Mixturação
02. Água e Sal
03. No Fundo do Poço
04. Patio dos loucos
05. Flexa
06. Me Deixe Mudo
07. Xaxados e Perdidos
08. Doido de Fazer Dó
09. Vão da Boca
10. Cabeça



Revolver (1975)
01. Feito Gente
02. Eternamente
03. Mamãe D´água
04. Partir do Alto / Animal Sentimental
05. Um Pensamento
06. Toque Frágil
07. Nothing
08. Arte e Manha
09. Apesar de Tudo é Muito Leve
10. Cachorro Babucho
11. Bumbo do Mundo
12. Pirâmides
13. Cena Maravilhosa
14. Revolver



Respire Fundo (1978)
01. Respire Fundo
02. Fado do Destino
03. Coração Tranquilo
04. Lindo Blue
05. Até Breve
06. Criaturas
07. Os Bichos - Pastorela em Triste Sorriso
08. Plenitude
09. Govinda
10. Berceuse dos Elefantes



Vela Aberta (1979)
01. Vela Aberta
02. O Dia do Criador
03. Canalha
04. Corpo Luminoso
05. Divindade
06. Tire os Pés do Chão
07. Como Tem Passado
08. Feito Gente
09. Me Deixe Mudo
10. Bicho de Pelúcia
11. O Blues É Azul



Walter Franco (1982)
01. Luz Solar
02. Quem é?
03. Luz da Nossa Luz
04. Pega no Ar
05. Mundo Pensativo
06. Filho Meu
07. Remador
08. No Exemplar de Um Velho Livro
09. Paz do Mundo
10. Raça Humana



Tutano (2001)
01. Nasça
02. Quem Puxa aos Seus Não Degenera
03. Tutano
04. Na Ponta Da Língua
05. Totem
06. Zen
07. Ai, Essa Mulher
08. Intradução
09. Senha do Motim
10. Cabeça
11. Gema do Novo
12. Acerto Com a Natureza
13. Distâncias
14. Muito Tudo




Um comentário:

Tecnologia do Blogger.